Mestres de si


Estamos em constante transição, caminhamos entre um século e outro e o social nos lapida, entre novos conhecimentos e aqueles que os sustentam no mundo, tornando-os acessíveis a todas as pessoas. Mas essas transições são lentas, elas levam muito mais do que uma vida humana, muitas vezes algo que inicia em dado momento, leva ainda gerações para que a mudança seja incorporada por toda a humanidade.

Nesse caminho ao qual todos nós seres humanos fazemos parte, não alcançamos coisas que chegam do passado por livros, e escrituras sagradas. Conhecimentos que chegam do passado e nos alcançam hoje, e vão desdobrar no futuro. Foi assim quando tivemos grandes mestres no passado, precisávamos ter esses mestres, precursores de novos saberes. A partir desses mestres foi nos aberto o caminho para também desenvolvermos o auto conhecimento e nos tornarmos mestres. Mas algo interessante se observa nos dias de hoje, são inúmeros os mestres, dezenas, centenas, milhares nas redes sociais. Pessoas que tem algo a dizer aos outros de sabedoria adquirida, de auto conhecimento, de quebra de paradigmas, de ganho de outros patamares de vida, de sucesso e de superação. O interessante desse fenômeno, é que todas as pessoas estão aptas a serem mestres de si. Ainda estão se voltandoaos outros, não como um compartilhar de sua própria perspectiva de vida que teve sucesso, mas de um lugar ainda dos mestres do passado. A compreensão de que se faz necessário que cada pessoas se aproprie de sua liberdade, e também do caminho que irá fazer ao encontro do auto conhecimento, que é único, belo e imprescindível, e não menos valioso que qualquer outro caminho.

Todos somos mestres de si, precisamos encontrar um lugar comum onde possamos todos repartir conhecimentos juntos, ampliando a visão uns dos outros, acolhendo o Ser de cada um, entendendo que a vida é também ato religioso, político, filosófico e não só social. Assim como precisamos integrar corpo, alma e espírito, no social precisamos nos integrar e abrir espaço para que todos sejamos reconhecidamente mestres daquilo que cada um apreendeu da vivência com o mundo e os outros.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo